O idadismo como viés cultural: refletindo sobre a produção de sentidos para a velhice em nossos dias

por Gisela G. S. Castro. https://65053dc7-a9a7-4509-a3fa-addfb8a039e9.usrfiles.com/ugd/65053d_206baadbae2e49bca2eef4078c3aab77.pdf das relações entre velhice e subjetividade. A Comunicação diz respeito à vinculação social em um contexto de renhidas disputas em torno da produção de significados. Nessa reflexão sobre a construção sociocultural da velhice como desprezível e sobre o ostracismo dos mais velhos no contemporâneo, aposta se na capacidade de resistir aos padrões vigentes e de inventar outros modos de ser, viver e valorizar a vida na maturidade.




2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo