top of page

Relatório sobre solidão e isolamento - U.S. Surgeon General/EUA

Um dos grandes estereótipos associados ao envelhecimento é de que todos os adultos mais velhos são sozinhos e isolados socialmente. Entretanto pesquisas realizadas em diferentes países mostram que o fenômeno acontece em todas as idades e é muito mais comum do que pensamos. E alguns deles apontam que a solidão está afetando mais jovens do que adultos mais velhos. As consequências são impactantes como aumento de demência, doenças cardiovasculares, doenças cardíacas e até mesmo

morte. Esses dados fizeram com que a solidão e isolamento social fossem consideradas como problemas de saúde pública mundial. Recentemente os EUA lançaram um importante marco para conscientização pública e adoção de medidas efetivas para o seu combate- o relatório Our Epidemic of Loneliness and Isolation, com seis estratégias prioritárias de ação:

1. Fortalecimento da infraestrutura social nas comunidades locais;

2. Estabelecimento de políticas públicas de conexão;

3. Mobilização do setor da saúde;

4. Reforma dos ambientes digitais;

5. Ampliação do conhecimento

6. Construção de uma cultura de conexão.



5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page